José Reis - Assinatura dos repasses às entidades contemplou 5 instituições de Prudente

Foto: José Reis - Assinatura dos repasses às entidades contemplou 5 instituições de Prudente

ASSISTÊNCIA SOCIAL

5 instituições recebem verbas impositivas de R$ 287.440

Emenda foi destinada pelos vereadores da 17ª Legislatura da Câmara Municipal, mediante as necessidades avaliadas, para entidades de Prudente

  • 21/08/2019 05:44
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Reportagem Local

Ontem, a Secretaria Municipal de Assistência Social realizou, no gabinete do Paço Municipal de Presidente Prudente, a assinatura dos repasses às entidades, referente às verbas impositivas, no valor de R$ 287.440, contemplando cinco instituições: Adra (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais), Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos de Presidente Prudente, Lar dos Meninos, Projeto Bethel e Núcleo Ttere. A emenda, por vez, foi destinada pelos vereadores da 17ª Legislatura da Câmara Municipal, mediante as necessidades avaliadas.  

Segundo a assessora da Secretaria Municipal de Assistência Social, Maria Helena Veigas, essas verbas impositivas são destinadas para a manutenção das entidades, as quais podem contribuir para o dia a dia do trabalho ofertado e qualificar cada vez mais o atendimento ao público, que vai desde crianças a idosos. “As entidades estão sempre abarrotadas, com muitas atividades e precisando de recursos, e com o repasse das verbas impositivas dá uma aliviada”, explica.  

Referente à verba no valor de R$ 287.440, a divisão foi feita da seguinte forma: Adra recebeu R$ 5 mil; Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos, R$ 132.440,00; Lar dos Meninos, R$ 50 mil; Projeto Bethel, R$ 70 mil; e Núcleo Ttere, R$ 30 mil.

Entidades

Segundo o tesoureiro do Lar dos Meninos, Celso Pagnosi, qualquer tipo de ajuda representa muito para a instituição, pois ajudará nos custeios de manutenção. Na mesma ocasião, o presidente da Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos de Presidente Prudente, Loureto Augusto Thomazoni de Carvalho, relatou que, com os recursos, a associação continuará ofertando e valorizando a integração e habilitação da pessoa com deficiência visual.