Foto: José Reis

Procura intensa 4º lote do FGTS representa 25% do total da liberação

 11/06/2017  - THIAGO MORELLO

A A A

Na manhã de ontem, a CEF (Caixa Econômica Federal) liberou o quarto lote das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Os beneficiários nascidos entre os meses de setembro, outubro e novembro puderam ir até uma das agências para sacar a quantia. De acordo com a instituição financeira, a montante representa 25% do total da liberação. Entre uma intenção e outra, quem levantou cedo para ter acesso ao dinheiro revela que investir e realizar pagamento de contas são os primeiros destinos em mente para os valores.

É o caso de Vânia de Oliveira Santos. Na manha de ontem, ela foi até uma agência da CEF, em Presidente Prudente, para sacar o FGTS do marido. Segundo ela, os planos para o dinheiro, além do pagamento de dívidas, é realizar investimentos no imóvel, realizando um reparo e outro. Sobre o saque, ela comenta que veio em uma boa hora e felicita a oportunidade. “Foi muito bom isso. Ajudou bastante aquelas pessoas que precisam de uma grana, principalmente nesse período de crise. Muita gente se beneficiou”, afirma.

E dentro dessa “muita gente”, conforme dito por Vânia, está o pedreiro Rodrigo Alves. Desempregado, ele afirma que a quantia não poderia ter vindo em uma hora melhor. “O momento é de contenção de gastos, em vista da nossa economia, que está muito difícil. Agora, com o dinheiro nas mãos, é hora de se planejar e tentar investir de alguma forma, para que possa gerar outros lucros”, completa.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Caixa, Vânia e Rodrigo fazem parte dos cerca de 5,3 milhões de pessoas, da região sudeste, que estão inclusos na liberação. Durante a próxima semana, o banco abrirá duas horas mais cedo que horário tradicional, isto é, às 9h, para atender o público.

Devido à grande movimentação, à reportagem, a Polícia Militar lembra que todo o cuidado é pouco. A oportunidade, por gerar uma grande movimentação de dinheiro, ainda de acordo com o policiamento, pode ser sinônimo de perigo. “Infelizmente tem muita gente que aproveita isso para praticar o mal. A principal orientação é evitar sair com grandes quantias em mãos, contar dinheiro nas vias públicas e transitar com atitudes suspeitas e de insegurança”, orienta.

Comentário