Cotidiano

​​​​​​​Turismo de aventura é o que mais cresce no mundo

Pesquisa divulgada no evento 1° AdventureNEXT Latin America, realizado em Campo Grande (MS) entre os dias 7 e 9 deste mês, aponta que o turismo de aventura cresce em média 20% ao ano no mundo, enquanto o turismo comum sobe apenas 4%. Além disso, cerca de 65% dos recursos gerados nessa modalidade de turismo, que também inclui o ecoturismo, permanecem na respectiva localidade ou região, índice bem superior ao do turismo convencional, que não chega a 10%. A diretora para a América Latina da ATTA (Adventure Travel Trade Association), Gabriella Stowell, disse que o turismo como um todo não para de

  • 14/11/2018 06:11
  • Contexto Paulista

Turismo de aventura é

o que mais cresce no mundo

Pesquisa divulgada no evento 1° AdventureNEXT Latin America, realizado em Campo Grande (MS) entre os dias 7 e 9 deste mês, aponta que o turismo de aventura cresce em média 20% ao ano no mundo, enquanto o turismo comum sobe apenas 4%. Além disso, cerca de 65% dos recursos gerados nessa modalidade de turismo, que também inclui o ecoturismo, permanecem na respectiva localidade ou região, índice bem superior ao do turismo convencional, que não chega a 10%. A diretora para a América Latina da ATTA (Adventure Travel Trade Association), Gabriella Stowell, disse que o turismo como um todo não para de crescer e que isso é uma tendência mundial, mas o turismo de aventura é uma realidade e a expectativa é de que se desenvolva cada vez mais. “As pessoas querem conhecer e vivenciar experiências, de modo geral ligadas à natureza, cultura e aventuras”, disse ela.

 

Cidades podem se beneficiar

Como os municípios podem se beneficiar com receitas provenientes do turismo? Esse será o tema a ser discutido no 5º Encontro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, que será promovido pela OCBPM (Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial) e a CNM (Confederação Nacional de Municípios), em Manaus (AM), entre os dias 22 e 24 de novembro. São parceiros do evento, entre outros, a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

 

Investimento industrial

A Novelis anunciou ontem investimento de R$ 650 milhões em sua fábrica de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, que é a principal unidade da indústria na América do Sul. No Brasil, a Novelis possui uma unidade também em Santo André, no Grande ABC. Em Pinda, a expansão elevará a capacidade total da fábrica para cerca de 680 mil toneladas/ano e a de reciclagem para 450 mil toneladas/ano. Será construído ainda um sistema de captação de água. As obras serão iniciadas em fevereiro de 2019, com expectativa de conclusão para 2021. A Novelis Inc. é líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, opera em dez países, possui aproximadamente 11,100 mil profissionais e teve receita de US$ 11,5 bilhões no ano fiscal de 2018.

 

Ação pela natureza

Cinco alunos da Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado) de Bragança Paulista desenvolveram um método para alertar princípios de incêndios e mapear situações de risco com base em dados da Nasa. A proposta é evitar queimadas como as que costumam atingir o cerrado brasileiro, visando reduzir o tempo de alerta sobre incêndios, de horas para apenas alguns minutos. O projeto, denominado Space Hero, ganhou o segundo lugar no Space Apps Challenger, a maior competição de hackers do bem, em Osasco.

 

Usuários fazem os alertas

A equipe de estudantes do curso superior tecnológico de Gestão da Tecnologia da Informação criou um web app, tipo de site que usa tecnologias de browsers para rodar de forma parecida com um aplicativo, que pode ser acessado via portal e celular. Para isso, o grupo decidiu utilizar o crowdsourcing, ou seja, fazer com que os próprios usuários criem os alertas em troca de créditos, brindes ou doações. O sistema faz uma validação em duas etapas, o que garante que apenas avisos reais sejam emitidos. Ao receber a notificação, quem estiver em área de risco recebe informações para evacuação, desvio ou ação de socorro.

 

“Ajudar as pessoas”

O web app permite que o usuário acesse duas opções: reportar um princípio de incêndio e verificar situações de risco. Além disso, o projeto disponibiliza um histórico de incêndios na região e o impacto causado ao meio ambiente pelas queimadas. “Não queríamos fazer apenas um produto, mas algo que realmente pudesse mudar o mundo e ajudar pessoas”, disse Luiz Guilherme, um dos alunos. “Dependendo da área afetada e das condições meteorológicas no momento do alerta, é possível poupar mata nativa, patrimônio e, principalmente, milhares de vidas.”

 

Nasa vai avaliar

Em dezembro, o Space Hero será avaliado por profissionais da Nasa. Se for eleito como o melhor projeto no mundo, os alunos da Fatec Bragança Paulista receberão um convite para visitar o Kennedy Space Center, na Flórida, nos Estados Unidos. Os vencedores serão anunciados pela agência espacial americana em janeiro de 2019.

 

Inscrições nas Etecs e Fatecs

Boa notícia para os candidatos retardatários. O prazo para inscrição aos exames de seleção das Etecs (Escolas Técnicas Estaduais) e das Fatecs foi adiado para o dia 19 deste mês. Os interessados nos cursos com início em 2019 têm até às 15h para se cadastrar, por meio dos sites www.vestibulinhoetec.com.br e www.vestibularfatec.com.br.  Nas Etecs, são mais de 80 mil vagas em todo Estado e o exame será no dia 16 de dezembro. O vestibular para as Fatecs oferece 14.845 vagas, distribuídas entre 77 cursos superiores de tecnologia gratuitos. O exame será no domingo, 9 de dezembro.