É preciso rever conceitos e valores para que atitudes sejam modificadas

  • 08/03/2019 05:00

Aproveitando o período quaresmal – tempo de oração, caridade e reflexão – todas as pessoas deveriam parar e repensar conceitos, valores e atitudes. Independente de crença religiosa, fazer uma “autorreflexão” sempre nos leva ao crescimento humano e espiritual e, mesmo crendo que está “tudo ok”, sempre há o que melhorar, seja em casa, no trabalho, na sociedade. Em qualquer lugar.

O carnaval, festa tradicional brasileira, que agita a maioria da população, nos serve também de lição. Ela já passou, mas deixa reflexões. Muitas pessoas, infelizmente, ainda não aprenderam a ter responsabilidade no trânsito, por exemplo. E os números mostram isso de forma assustadora. Como noticiado neste diário, a Polícia Militar Rodoviária realizou entre 0h do dia 1º de março e 23h59 de terça-feira, a Operação Carnaval 2019, em mais de 4,5 mil quilômetros de rodovias do interior do Estado. Segundo a corporação, no oeste paulista cinco condutores foram presos em flagrante delito por embriaguez ao volante e 380 gramas de maconha foram localizadas no interior de um ônibus. Após o término do feriado de carnaval, a Polícia Militar Rodoviária divulgou o balanço das operações, sendo que alguns números chamam a atenção. Dentre os principais estão os acidentes sem vítimas, que aumentaram de 12 para 13, acidentes com vítimas que passaram de 10 para nove e o de vítimas graves, que foram de quatro para dois. Já as infrações relacionadas ao uso do cinto de segurança apresentaram queda, já que caíram de 201 para 189. Ou seja, mesmo com oscilação de números, os acidentes continuam e poderiam ser evitados de maneira óbvia.

Em Martinópolis, com o objetivo de proporcionar um carnaval ainda mais seguro aos moradores e aqueles da região que foram até a cidade para curtir o feriado prolongado, as autoridades do município realizaram a Operação Carnaval Seguro. Na ocasião, segundo informações da Guarda Civil, 60 autos de infração de trânsito por excesso de velocidade foram aplicados. Mais números que comprovam a falta de responsabilidade

Então, que nestes 40 dias de silêncio, oração e reflexão – base de vida de muitos cristãos durante a Quaresma – reveja seus conceitos e valores. Mude suas atitudes. Prolongue sua vida e a do seu próximo.