Jean Ramalho: Cada colaborador da empresa adotou um idoso e pôde presenteá-lo

Foto: Jean Ramalho: Cada colaborador da empresa adotou um idoso e pôde presenteá-lo

POR UM SORRISO

“Natal de Carinho” brinda idosos

Assistidos do Lar São Rafael participaram de uma festa natalina, na tarde de ontem, promovida pela Energisa; colaboradores da empresa puderam adotar um veterano

  • 17/12/2019 06:01
  • THIAGO MORELLO - Da Reportagem Local

“Esse momento é para isso: viver em família e não separado”. Para o aposentado José Francisco, 87 anos, assistido do Lar São Rafael de Presidente Prudente, esse é o sentido do Natal. Na tarde de ontem, o projeto “Natal de Carinho”, promovido pela Energisa, pode simplificar, em gesto e ação, o sentido natalino descrito pelo senhor José. É que ele outros 84 idosos receberam uma festa alusiva à data de fim ano, com direito a entrega de presentes, comidas, música e muito, mas muito carinho.

Parte desse carinho foi percebida nos olhares dos assistidos do lar, que, sem dúvidas, estavam todos felizes com a ação. Um abraço da professora aposentada Irene Lucia Rodrigues Fago, 65 anos, ao repórter, também conseguiu resumir o que aquele momento significava para ela. “Eu estou muito feliz. Eu fico empolgada de ver toda essa dedicação e amor com a gente. Não tenho nem palavras para descrever”, completa.

Mas o senhor José Francisco, citado lá no comecinho, arriscou descrever. E, antes de tudo, ele disse em alto e bom tom o quanto gosta do Natal. E como um dos veteranos do lar - sete anos de moradia -, o aposentado ainda foi além: “esse é momento propício para confraternizar e sermos felizes em família, pois somos uma família aqui. Isso que eles [Energisa] estão fazendo pela gente é o que todos devemos fazer em sociedade, que é nos unirmos para vencer as dificuldades e sermos felizes. Só assim é possível”, lembra.

E para os dias posteriores a ação, que ainda estão por vir, a irmã Maria Ferraz, faz questão de lembrar da importância que é, no sentindo de motivá-los a estarem bem diariamente. “Precisamos lembrar que muitos aqui não possuem família mais ou foram abandonas. Então, a felicidade que eles sentem com esse momento é essencial para gente”, destaca.

VOLUNTARIADO

Mas para chegar até esse momento feliz, os colaboradores da Energisa tiveram um período de quase dois meses, desde outubro, para organizar o Natal de Carinho. E como ocorreu? Conforme o gerente de gestão de pessoas da concessionária de energia, André Soares de Castro, cada colaborador teve a chance de adotar um idoso e presenteá-lo.

“Cada um deles pôde escolher o presente que podia ganhar. Foram feitas fotos com eles, e na oportunidade eles estavam segurando uma lousa, com o presente desejado escrito nelas”, explica André. Ademais, na tarde de ontem, parte deles, cerca de 20 funcionários, também auxiliaram na realização da confraternização.

Festa essa que tem o objetivo de fazer algo diferente, assim como tem sido há três anos, ainda de acordo com o gerente. “Eles [colaboradores] se mobilizaram e juntos promovemos isso. A Energisa tem essa pegada do voluntariado, com ações que ocorrem ao longo do ano. E assim como já viemos fazendo, a ideia é promover um olhar para os idosos, que também merecem atenção. É gratificante para nós”, finaliza.