Arquivo de família - Comemoração de Ariane com a família após uma de suas lutas; hoje todos assistirão o confronto em uma bar de PP

Foto: Arquivo de família - Comemoração de Ariane com a família após uma de suas lutas; hoje todos assistirão o confronto em uma bar de PP

NA TORCIDA!

Familiares e amigos debutam com Sorriso no UFC

Embora estreia da prudentina neste sábado seja contra a experiente norte-americana Angela Hill, equipe da Inside diz que ela está preparada e acredita em nocaute

  • 21/09/2019 05:58
  • OSLAINE SILVA - Da Redação

E o grande dia chegou! É hoje, a partir das 17h45, que os fiéis apreciadores do MMA do mundo conhecerão a prudentina Ariane “Sorriso” Carnelossi debutando no octógono do UFC (Ultimate Fighting Championship)159, enfrentando a experiente norte-americana de artes marciais mistas, Angela Hill, na Cidade do México! Imagine como é ter que assistir de longe a estreia de uma atleta que tanto batalhou para chegar onde ela está hoje. Foi isso que fomos atrás. Saber como a família e os amigos de Sorriso estão aguardando este momento em Presidente Prudente.

Começamos então, claro, na base de tudo, em seu ambiente sagrado, que é o familiar. E quem falou com a reportagem, representando os pais Paulo e Luciana Carnelossi, a irmã Letícia e o sobrinho Nicolas (que ela é apaixonada), foi a irmã da peso-palha (que de palha seu punhos e pés não têm nada), Laila Maria Carnelossi, 24 anos, supervisora de vendas.

“Nossa, essa estreia dela se resume em vários sentimentos, o primeiro é de imensa alegria! Estamos todos muito felizes em vê-la realizando o seu sonho! É uma mistura de orgulho, amor e ansiedade. A nossa expectativa para essa luta é de ‘V’itória... Ela se dedicou muito para conseguir chegar onde ela está!”, exclama emocionada Laila, que assistirá o maior evento de MMA do mundo com a família toda no Espeto's Bar do Parque do Povo, ao lado da quadra coberta.

Sobre aquele olhar tímido que a lutadora tem e o porquê do apelido Sorriso, Laila diz que Ariane sempre foi uma pessoa focada e determinada! “Desde criança ela sempre foi tímida, porém, arteira [gargalha]. Ela buscava seus objetivos sempre no silêncio e conseguia alcançar. Quem a conhece sabe o tamanho do seu coração, ela não mede esforços para ajudar alguém. A ‘Any’ consegue expressar o sentimento com um olhar e ‘sorriso’. Não é porque é minha irmã, mas ela é uma pessoa maravilhosa, protetora e amiga [sempre protegeu a nós irmãs e nossos pais]”, destaca Laila.

Quando perguntado a ela se alguém da família pratica esportes, Laila gargalha e conta que o único esporte que praticam é o levantamento de copos.  “A Ariane sempre gostou de esportes. Começou no futsal, participava até de campeonatos, mas o que fez seu olhar brilhar foi o muay thay. Ela conseguiu se encontrar nessa arte marcial. Em uma conversa, ela me disse que a melhor sensação que ela tem é quando é entra no octógono. Esse sentimento acontece quando fazemos o que amamos!”, pontua Laila.

Estudo da adversária

João Manoel de Paula Felício, 26 anos, é um dos que mais auxiliam Hugo Gonçalves nos treinamentos da Ariane. Sobre expectativas, ele afirma que são as melhores possíveis, pois ela está preparada, tanto psicológica quanto fisicamente para essa estreia. E pelo que conhece da norte-americana Hill, crê em “uma vitória por nocaute de Ariane Sorriso”.

“Assim que a luta contra ela foi fechada, o professor Hugo iniciou um trabalho onde assistia todas as lutas de Hill, e eu acabei entrando nessa também. E com uma visão de trabalho formidável e indiscutível, o professor mapeou todos os pontos fracos e fortes dela, sendo assim, adaptando tudo para o jogo da Sorriso, que terá atenção voltada para todos os pontos positivos da Hill, quais ela já sabe quais são, agora é só aguardar a guerra e esperar nossa campeã voltar com a vitória”, destaca João Manoel.

“Ela é 8 ou 80, não tem meio termo. Vou falar pra você, se não entrar firme ela derruba mesmo. Verdade. Tem hora que tenho que pedir pra ela dar uma segurada senão eu não fico em pé. Imagine a cena como é [risos]”

Boy

Amigo

Perguntamos se a galera da academia programou alguma coisa, como assistir a luta juntos. “Ah sim, alguns alunos combinaram um churrasco com a galera reunida. Outros irão procurar algum barzinho. A torcida está formada, pronta para vibrar com a Sorriso”, almeja a vitória, o colega de equipe.

Certeza de grande estreia

Livia Saito, namorada do treinador de Sorriso, Hugo Gonçalves, da Inside Centro de Treinamentos e Lutas, onde ela diz que se arrisca no tatame desde 2011, treinando muay thai, chegou a ir para o Uruguai com um pessoal, a passeio, pois já haviam comprado as passagens antes do cancelamento da luta de estreia, que era para ter ocorrido em agosto.

“Dessa vez não estarei presente, mas vamos reunir uma turma de amigos para assistirmos juntos a luta. A torcida será tão grande que a nossa energia positiva vai chegar até ela, lá no México!”, expõe Livia, que garante que há dez anos Sorriso vem em um ritmo intenso de treinos, o que a faz ter certeza de que ela está preparada para fazer uma grande estreia.

Sobre Hugo, Livia diz que cabeça dele está tranquila, pois a preparação dela foi impecável. “Já não digo o mesmo do coração dele. Viver do esporte é um desafio, mas o Hugo nunca deixou de acreditar que seria possível. E hoje estão no maior evento de MMA do mundo! Acredito que o coração dele esteja repleto de felicidade e gratidão, tanto pela realização profissional quanto pela pessoal. Tenho certeza que a Sorriso vai surpreender os que ainda não a conhecem. Meu coração está transbordando de alegria e um tanto quanto ansioso também, mal posso esperar para ver mais essa conquista”, vibra Livia.

Ela é 8 ou 80

Segundo Hugo, Júlio César Machado Rodrigues, 32 anos, conhecido como boy, lutador de muay thai, é um dos que mais troca golpes com a Sorriso, nos treinamentos, por conta do tamanho e peso ser mais ou menos igual. Perguntamos a ele o que poderia falar da técnica dela. Como é a força da Ariane? Qual o diferencial dela?

Imaginando a cena, a maneira que ele respondeu foi engraçado até. Primeiro ele destacou que o diferencial da Sorriso como lutadora é que ela bate como homem. E por isso é difícil não bater nela. “Se eu for à trocação devagar eu apanho e se eu for forte apanho do mesmo jeito [gargalha]. Isso porque com ela é 8 ou 80, não tem meio termo. Vou falar pra você, se não entrar firme ela derruba mesmo. Várias vezes eu estava trocando golpes com ela e entrava aquele certinho na boca do estômago. Olha, eu só não caí de orgulho, sabia? Verdade. Tem hora que tenho que pedir pra ela dar uma segurada senão eu não fico em pé. Imagine a cena como é [risos]”, comenta boy, lamentando não poder assistir à luta de perto.

Boy fala que a vontade é enorme, mas infelizmente não dá. “A vontade é grande porque a gente sabe tudo que ela passou pra chegar até aqui. Tenho certeza que ela ficaria muito feliz em ver todo mundo que treina com ela, lá”, frisa o amigo que há sete anos treinam juntos.

Serviço

Hoje, a partir de 17h45 (horário de Brasília), começa a transmissão ao vivo do evento na capital mexicana. Enquanto o Combate transmite o card inteiro de forma exclusiva, o SporTV 3 e o Combate.com exibem as duas primeiras lutas ao vivo em vídeo, e o site ainda acompanha todo o card em tempo real.

 

Foto: José Reis

João Manoel, que treina com Sorriso, acredita em nocaute da prudentina