José Reis - Plantões de agendamento ocorrem até o final do mês na Praça Nove de Julho, em Prudente

Foto: José Reis - Plantões de agendamento ocorrem até o final do mês na Praça Nove de Julho, em Prudente

“INSUFICIENTE”

Biometria atinge 50,52% dos eleitores da região e cartórios fazem força-tarefa

Conforme dados do Tribunal Regional Eleitoral, 246.545 pessoas ainda precisam se cadastrar; cartórios temem não atingir a meta e realizam plantões de atendimento

  • 09/04/2019 04:00
  • THIAGO MORELLO - Da Reportagem Local

Desde o dia 4 de fevereiro, o TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo) iniciou um novo ciclo da biometria obrigatória para 2019, que envolve 478 municípios paulistas, sendo 34 deles na região de Presidente Prudente. Até o momento, pouco mais da metade da população-alvo foi atingida, isto é, 50,52% dos eleitores, conforme número atualizado pelo tribunal até o fim da tarde de ontem. A situação preocupa os cartórios, pensando no prazo final para realizar o procedimento, que é gradativo, sendo entre agosto e dezembro. Na regional, isso quer dizer que 246.545 pessoas ainda precisam passar pela atualização.

Isso porque, até agora, 251.808 eleitores realizaram o cadastramento. O que também pode ser observado é a baixa evolução, conforme comparativo de pesquisas divulgadas por esse periódico. No final de janeiro, anunciando o novo ciclo biométrico, constava que 228.391 pessoas tinham feito o procedimento, o que representava 46,04% do público. Hoje, pouco mais de 70 dias depois, mas sendo 51 úteis - com possibilidade de atendimento -, 23.417 atualizações foram feitas. O crescimento percentual ficou em 4,48% da população necessária.

Os piores casos (veja tabela), em termos percentuais, está em Narandiba e Rosana, que respectivamente atingiram 29,19% e 35,88% do público. Como apurado pela reportagem nos cartórios, existe a preocupação quanto ao número e, por conta disso, tem sido feitas campanhas que visam despertar a consciência da população.

Mas a preocupação torna-se maior para o município que puxa a maior parte dos eleitores faltantes: Presidente Prudente. Na maior cidade da região, são 92.929 eleitores que ainda não compareceram aos cartórios para se regularizarem. Pensando nisso, as duas ZEs (zonas eleitorais) - 402ª e 101ª - iniciaram uma série de plantões de agendamento e parcerias com órgãos para fomentar a busca.

O chefe do cartório da 101ª ZE, Fabiano de Lima Segalla, entende que, se continuar neste rítmo, não cumprirão a demanda necessária até o final do prazo. “Por mais que a gente se esforce, as pessoas estão com o pensamento de deixar para a última hora. E mesmo que a gente realize plantões e horários estendidos, cada atendimento leva um tempo para ser feito e, sendo assim, corre o risco de muita gente ficar de fora, se deixar para depois”, completa.

E o efetivo tem sido feito, em parceria com órgãos como a Prefeitura, Centro Cultural Matarazzo, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e Poupatempo. “O essencial é que, pelo menos, cada cartório realize mais de 200 atendimentos por dia”, completa Fabiano. No começo, a média essencial era de 150, contudo, conforme o tempo vai encurtando e não há demanda, é necessário reajustar.

Na tarde de ontem, um dos plantões realizados na Praça Nove de Julho, centro de Prudente, teve um bom resultado, de acordo com o chefe do cartório, com pouco mais de 200 agendamentos. Os funcionários abordaram os transeuntes que passavam pelo calçadão da Rua Tenente Nicolau Maffei. E em um desses casos estava a doméstica Maria Aparecida Alves, 53 anos. Parte dos cerca de 40 eleitores que estavam na fila no momento em que a reportagem compareceu, ela conta que os plantões são bons para quem não tem acesso à internet. “Assim fica melhor”, pontua.

O agendamento é necessário, conforme o TRE-SP, e precisa ser feito antes de comparecer ao cartório. O que o tribunal explica também é quanto à obrigatoriedade dos eleitores, que não se aplica em duas situações, para o público que também não é obrigado a votar: menores de 18 anos e maiores de 70 anos. Isso porque, para os mais jovens, ao tirar o título de eleitor, a biometria já vem, e aos idosos, só quem ainda quer votar que precisa fazer.

Essa é a situação da aposentada Ineire Mazuckelli, prestes a completar 77 anos. Na fila do plantão de ontem, ela fez questão de agendar o procedimento, pois não quer perder o direito de votar. “Pra mim, é unir o útil ao agradável, pois no dia de votar eu revejo meus amigos, as pessoas nas escolas, além de poder escolher quem eu quero para governar minha cidade ou país”, comenta.

Fora essas situações, quem não se submeter à biometria dentro dos prazos estipulados terá o CPF e título de eleitor cancelados, que origina também outros impedimentos, como, por exemplo, não participar de concursos públicos e não conseguir votar.

Serviço

Antes de ir ao cartório eleitoral, o eleitor precisa realizar o agendamento, que deve ser feito pelo site do TRE-SP: www.tre-sp.ju.br.

Ciclo biométrico 2019

Município

Prazo final

Eleitorado

Eleitorado com biometria

Eleitorado sem biometria

Percentual atingido

Adamantina

19/dez

27.841

12.256

15.585

44,02%

Alfredo Marcondes

19/dez

3.896

1.539

2.357

39,50%

Álvares Machado

19/dez

18.199

7.708

10.491

42,35%

Anhumas

19/dez

3.379

1.544

1.835

45,69%

Caiuá

19/nov

3.924

1.660

2.264

42,30%

Emilianópolis

30/ago

2.688

1.499

1.189

55,77%

Estrela do Norte

19/nov

2.591

998

1.593

38,52%

Euclides da Cunha Paulista

27/set

7.490

4.752

2.738

63,44%

Flora Rica

19/nov

1.699

1.206

493

70,98%

Iepê

19/dez

6.368

4.881

1.487

76,65%

Irapuru

19/nov

5.234

3.974

1.260

75,93%

Marabá Paulista

19/nov

3.248

1.242

2.006

38,24%

Monte Castelo

19/dez

3.436

2.755

681

80,18%

Nantes

19/dez

2.298

1.284

1.014

55,87%

Narandiba

19/nov

4.227

1.234

2.993

29,19%

Nova Guataporanga

19/dez

1.992

1.626

366

81,63%

Osvaldo Cruz

19/dez

24.739

12.029

12.710

48,62%

Pacaembu

19/nov

8.954

6.723

2.231

75,08%

Panorama

19/dez

10.516

5.069

5.447

48,20%

Paulicéia

19/dez

5.878

3.187

2.691

54,22%

Pirapozinho

19/nov

20.597

8.166

12.431

39,65%

Presidente Bernardes

30/ago

11.396

6.893

4.503

60,49%

Presidente Epitácio

19/nov

31.880

12.569

19.311

39,43%

Presidente Prudente

19/nov

173.887

80.958

92.929

46,56%

Presidente Venceslau

19/dez

29.194

15.704

13.490

53,79%

Rancharia

19/dez

24.823

17.889

6.934

72,07%

Rosana

27/set

15.582

4.647

10.935

29,82%

Sagres

19/dez

2.089

1.209

880

57,87%

Sandovalina

19/nov

3.606

1.294

2.312

35,88%

Santa Mercedes

19/dez

2.682

1.828

854

68,16%

Santo Expedito

19/dez

2.712

986

1.726

36,36%

São João do Pau D'Alho

19/dez

2.017

1.352

665

67,03%

Teodoro Sampaio

27/set

17.873

12.808

5.065

71,66%

Tupi Paulista

19/dez

11.418

8.339

3.079

73,03%

Total

*

498.353

251.808

246.545

50,52%

Fonte: TRE-SP