Exterior

Candidatos na Ucrânia se enfrentam em estádio com 60 mil pessoas

  • 19/04/2019 18:40
  • IGOR GIELOW
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os dois candidatos que disputarão a Presidência da Ucrânia em segundo turno neste domingo (21) se enfrentaram no primeiro e último debate da campanha eleitoral em um cenário tão inusual quanto toda a narrativa da disputa: o Estádio Olímpico de Kiev. Foi um final adequado para uma campanha que estava completamente dispersa até dezembro, quando entrou em cena um personagem novo e surpreendente: o comediante Volodimir Zelenski, que viveu na TV o papel de um professor de história que se elege presidente da Ucrânia após ter um discurso anticorrupção viralizado na internet. Em dois meses ele já liderava a corrida, e venceu o primeiro turno com 30% dos votos, deixando o presidente Petro Porochenko num distante segundo lugar, com 16%. Agora, as pesquisas prevêem sua vitória por margens amplas --algumas apontam até 70% das intenções para Zelenski. Após faltar a um primeiro encontro, Zelenski aceitou debater com o presidente no maior estádio da Ucrânia. Cerca de 60 mil pessoas participaram do encontro, que teve clima de enfrentamento esportivo, com gritos, bandeiras e apupos. Segundo os relatos da imprensa ucraniana, não houve um vencedor claro no embate, até pelo clima quase circense. Porochenko levou mais apoiadores, contudo, a julgar pelas imagens disponíveis. Ambos os candidatos se acusaram mutuamente ao longo do debate.