Vídeo com jeito de trailer 'vende' benesses do capitalismo a ditador

ESTELITA HASS CARAZZAI WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) • 12/06/2018 21:06:00

Um país com trens de alta velocidade, arranha-céus espelhados, fábricas modernas e gigantescas linhas de transmissão de energia. E até cavalos brancos galopando sobre a água. Seriam as cenas de "ficção científica" a que o norte-coreano Kim Jong-un se referiu logo depois de se encontrar com Donald Trump? Para o presidente dos EUA, talvez. Elas integram um vídeo exibido ao ditador da Coreia do Norte durante a cúpula entre os dois líderes -e, segundo o americano, oferecem uma visão do que pode se tornar o país comunista. Embora seja apresentado como uma produção Destiny Pictures, o material foi editado pelo governo americano. "Achei muito bom; eles amaram", comentou Trump. Enquanto imagens de cidades ensolaradas e fábricasse alternam, um narrador fala sobre "a luz da prosperidade e da inovação" e diz que a "história está sempre evoluindo". O vídeo faz um convite para que Kim "seja parte daquele mundo, em que as portas da oportunidade estão abertas": um cenário com tecnologia inovadora, avanços médicos e abundância de recursos. Ao fim, o recado fica ainda menos sutil: "Irá esse líder escolher o avanço de seu país, ser o herói do seu povo? Irá ele apertar as mãos da paz, e aproveitar a prosperidade, como nunca antes?" Os retratos de Trump e Kim são vistos lado a lado, sob os dizeres: "Dois líderes e um destino, estrelando Donald Trump e Kim Jong-un, um encontro para refazer a história." "É um claro apelo à vaidade de Kim e à busca dele por grandeza e reconhecimento global", afirma o professor John Ciorciari, diretor do Centro de Política Internacional da Universidade de Michigan. "A gente sabe que a realidade é mais complexa. Mas isso não quer dizer que essa comunicação não seja efetiva", comenta Pablo Boczkowski, professor da Universidade Northwestern e especialista na relação de Trump com a mídia. Para ele, o americano já provou ser um bom comunicador, e metáforas como as do vídeo, que mostram o encontro de dois mundos, são eficientes em um certo público. Trump disse que o vídeo foi apenas uma sugestão e que cabe a Kim decidir qual vai ser seu plano de voo daqui em diante.
Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste