Shakespeare vira musical com Julieta negra e músicas da Marisa Monte

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) • 11/07/2018 18:10:00

Com direção de Guilherme Leme e colaboração artística de Vera Holtz, estreou nesta terça (10) no Teatro Frei Caneca o musical “Romeu e Julieta”. A ideia do projeto é adaptar a obra de Shakespeare para o público jovem, com músicas e linguagem contemporâneas. “É uma linguagem tribalista, que tem muito a ver com a poesia que a Marisa Monte canta. O espetáculo é atemporal, com texto de 1500, música dos anos 2000, figurino e cenário que circulam entre esses tempos. É o século 16 conversando com o século 21”, diz Leme. Tendo escalado a atriz negra Bárbara Sut para o papel da Julieta, o diretor explica que o elenco é “mestiço, multicolorido, diverso e plural”. “Um reflexo do povo brasileiro.” Romeu será interpretado por Thiago Machado, que já estrelou musicais como “Cazuza”, “Rocky Horror show” e “Cantando na Chuva”. Entre as canções que fazem parte do repertório do espetáculo estão “Amor I Love You”, “Beija eu” e “Não Vá Embora”, englobando também a fase Tribalista da cantora. A montagem fica em cartaz até dia 21 de outubro e os ingressos vão de R$ 75 a R$ 190.
Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste