Rodrygo abandona concentração após imbróglio com Real e irrita Santos

DANILO LAVIEIRI E SAMIR CARVALHO SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) • 12/06/2018 15:00:00

A negociação entre Santos e Real Madrid, da Espanha, envolvendo o atacante Rodrygo, ganhou o primeiro episódio polêmico nesta terça-feira (12). A reportagem apurou que o jogador deixou a concentração para o jogo contra o Fluminense, que acontece nesta quarta-feira (14), no Rio de Janeiro, sem o aval do clube paulista e irritou a cúpula santista. O presidente José Carlos Peres foi avisado sobre a fuga de Rodrygo pelo técnico Jair Ventura por telefone. O treinador estava extremamente irritado com a postura do atleta. A cúpula santista também ficou estarrecida com o ocorrido e culpa o estafe do jogador. A reportagem ainda apurou que o Real Madrid recusou a contraproposta do Santos e, por isso, gerou uma briga entre o clube paulista e o estafe por conta da divisão do montante oferecido pelo clube merengue. O Santos alega que o Real já havia assinalado que pagaria 40 milhões de euros (R$ 174 milhões) pelos 80% dos direitos econômicos do jogador. No entanto, Rodrygo teria que abrir mão de parte das luvas, fato que não ocorreu por parte dos representantes do atleta. A ideia era que o Real Madrid aumentasse a proposta de 45 milhões de euros (R$ 196 milhões) para 50 milhões de euros (R$ 218 milhões) para que não ocorresse divergência entre Santos e Rodrygo, mas o clube merengue não aceitou a contraproposta santista.
Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste