América-MG e Chapecoense jogam por paz na pausa da Copa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) • 12/06/2018 19:01:00

Com campanhas praticamente idênticas até aqui, América-MG e Chapecoense se enfrentam nesta quarta (13), às 16h, em Belo Horizonte, em busca de paz na pausa para a Copa do Mundo. Com 13 pontos em 11 rodadas, ambos começam a rodada em posições intermediárias -o América em 13º e a Chapecoense em 14º. Por um lado, uma vitória não significará uma grande subida na classificação. Por outro, ambos já têm certeza que estão livres do Z-4 durante o recesso. Para amenizar o impacto de ter jogado oito vezes em 24 dias, o América optou por treinar apenas uma vez antes da partida, nesta terça à tarde. Na segunda-feira, um dia após a derrota para o Grêmio, os jogadores retornaram de Porto Alegre e repousaram. No treino, os jogadores que atuaram permaneceram na academia para um processo de regeneração. Os demais realizam um trabalho tático em campo reduzido e treinaram cobranças de falta. Vindo de duas derrotas consecutivas, o América conta com a partida em casa para se reabilitar e evoluir durante o recesso. “Sabemos que o grupo pode render muito mais na sequência da temporada. A comissão técnica tem buscado isso e nós também. Tenho certeza que melhoraremos ainda mais nosso rendimento em campo após a Copa do Mundo”, disse o meia Rui. Os laterais Giovanni e Aderlan estão suspensos e são desfalques. João Ricardo, Lima, Carlinhos, Luan e Matheusinho seguem em tratamento no departamento médico. Na Chapecoense, o principal desfalque é o lateral-direito Apodi. Ele não viajou para Belo Horizonte junto com a delegação. Em nota oficial, o clube informou que “o jogador foi preservado em razão de uma possível negociação nesta janela de transferência”, sem dar detalhes sobre o destino do atleta. Em Minas, o substituto deve ser Eduardo. Arthur, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, também está fora. Guilherme, com dores na panturrilha, e Vinicius Freitas, com dores no púbis, são dúvidas. A boa notícia é o retorno do atacante Osman. Lesionado desde março, ainda no Campeonato Catarinense, o atleta passou por um longo período de recuperação para, finalmente, ficar a disposição do técnico Gilson Kleina. AMÉRICA-MG Jori; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Malcoon (Carlinhos); Christian, Juninho, Serginho e Gerson Magrão; Ademir e Aylon (Luan). T.: Enderson Moreira CHAPECOENSE Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Marcio Araújo, Canteros, e Luiz Antonio; Wellington Paulista e Leandro Pereira. T.: GIlson Kleina Estádio: Independência, em Belo Horizonte Horário: 16h desta quarta Juiz: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste