Receitas para fazer a festa do DIA DA CRIANÇA

Delícias & Delícias • 10/10/2018 06:02:00

Prepare um banquete com bolos, docinhos, cupcakes, biscoitos e brigadeiros. Prepare sanduíches bem criativos e saborosos. Algumas receitas estão aqui! Comece logo...capriche...elas merecem!!!!!

 

Biscoitos de Queijo

 

Ingredientes: 1 xícara (chá) de farinha de trigo, 1 xícara (chá) de farinha de quinua, 1 xícara (chá) de flocos de quinua, 1 xícara (chá) de manteiga, 100g. de queijo tipo parmesão, 1 colher (chá) de sal, 1 ovo, 1 colher (chá) de fermento em pó, 1 ovo para pincelar os biscoitos.

 

Preparo: Misture todos os ingredientes até que se forme uma massa homogênea. Com o auxílio de uma colher de chá, faça pequenas bolinhas. Depois, coloque-as em uma assadeira untada com manteiga e dê uma leve “afundada” no centro de cada biscoito. Pincele com gema e asse os biscoitos em forno pré aquecido a 180º C até que fiquem dourados.

 

 

Cupcake de Brigadeiro

 

Recheio: 1 lata de leite condensado, 2 colheres (sopa) de margarina, 4 colheres (sopa) de chocolate em pó, 1 caixa de creme de leite

 

 

Massa: 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar, 200g de manteiga amolecida, 3 ovos, 1/2 xícara (chá) de chocolate em pó, 4 colheres (sopa) de farinha de trigo, 1/2 xícara (chá) de leite, 1 colher (café) de bicarbonato em pó, 2 colheres (chá) de fermento em pó químico, Chocolate granulado para polvilhar

 

Preparo: Para o recheio, leve ao fogo o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó, mexendo sempre, até engrossar e formar um brigadeiro. Acrescente o creme de leite, misture e reserve. Para a massa, na batedeira, bata o açúcar e a manteiga até ficar cremoso. Adicione os ovos, um a um, batendo sempre. Coloque o chocolate em pó, a farinha, o leite e bata novamente. Espalhe o bicarbonato e o fermento e bata rapidamente. Distribua a massa em forminhas próprias para cupcake forradas com forminhas de papel do mesmo tamanho. Coloque as forminhas uma ao lado da outra em uma fôrma grande e leve ao forno médio, preaquecido por 15 minutos ou até assar e dourar levemente. Desenforme os bolinhos ainda mornos e faça um buraco no centro de cada um deles. Coloque o brigadeiro reservado em um saco de confeitar e aperte no centro dos bolinhos, decorando toda a superfície. Polvilhe com granulado e sirva.

 

 

Brigadeiro de Colher

 

Ingredientes: 1 lata de leite condensado, 1 colher (sopa) de manteiga, 3 colheres (sopa) de chocolate em pó.

 

Prepare a massa de brigadeiro e deixe-a mais mole (não chegue até o ponto de enrolar). Depois de fria, cubra colheres de plástico e enfeite-as com confeitos coloridos. As crianças vão adorar!.

 

 

Bolo de Cenoura

 

Ingredientes: 2 cenouras grandes, 4 ovos, ¾ xícara (chá) de óleo, 1 colher (chá) de sal, 2 xícaras (chá) de açúcar, 2 xícaras (chá) de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de fermento em pó.

 

Preparo: Bater no liquidificador a cenoura cortada em rodelas ou picada, os ovos e o óleo. Coloque numa tigela o açúcar, a farinha e o fermento. Despeje a mistura do liquidificador e mexa com uma espátula. Leve a assar em assadeira nº 30 (redonda) ou nº 3 (retangular), em forno médio, por 20 a 25 minutos.

 

Cobertura: Levar ao fogo baixo: 5 colheres (sopa) de achocolatado, 5 colheres(sopa) de açúcar, 1 colher (sopa) de margarina e 2 colheres (sopa) de leite. Passar quente sobre o bolo.

 

 

NUTRIÇÃO

 

Alimentação Infantil

 

Quanto mais cedo se ensina a criança a se alimentar bem, melhor.  Maiores as chances dela se tornar um adolescente e um adulto saudável, sem problemas de peso, colesterol, glicose, triglicerídeos, etc.

Convencer as crianças a comer direitinho não é uma tarefa fácil, principalmente num mundo repleto de deliciosos biscoitos, chocolates, balas, refrigerantes, salgadinhos, “ fast-food “e outras guloseimas, que parecem ainda mais apetitosas diante da TV ou do computador. Missão impossível? Nada disso. As dicas a seguir, ajudam a desenvolver um estilo de vida mais saudável para toda a família, o que vai garantir saúde ao longo do crescimento e evitar problemas futuros, como a obesidade. Confira!

 

Dê o exemplo: As crianças reproduzem os bons e os maus hábitos alimentares de seus pais. Daí a importância deles serem os primeiros a colocarem no prato os legumes e verduras frescas, carnes magras e frutas. O mesmo vale para as bebidas, evite tomar drinks alcoólicos na frente da garotada.

 

Evite a gula: Sabe aquela mania que a mãe tem de querer que o filho “raspe” o prato? Em vez de incentivar a saúde, pode acabar fazendo com que a criança perca a noção de saciedade e tenha como limite sempre o que estiver no prato. Esta atitude e frases como “Só mais uma colher!”, “Come mais um pouco pra mamãe ficar feliz!” devem ser evitadas. Respeite quando seu filho disser que está satisfeito.

 

Controle os doces: São deliciosos, mas cheios de açúcar e gordura. Limite-os aos finais de semana, e nunca dê essas guloseimas como presente ou agrado para o seu filho.

 

Aprimore o paladar: Diversifique o modo de preparo de alimentos simples, como legumes e verduras, acrescentando ervas e temperos saborosos. Varie também as receitas, preparando, por exemplo, um belo suflê de legumes ou sanduíches incrementados.

 

Ensine a gostar da comida: Explique que o alimento é o combustível para brincar, crescer e ficar forte e inteligente. O visual do prato pode ajudar a despertar o interesse da criança: transforme a salada, por exemplo, em uma figura colorida.

 

Acerte o tempo para comer: Estimule uma mastigação lenta e correta. Propicie um ambiente calmo e sadio para que façam a refeição com equilíbrio. Não ligue a TV na cozinha e nem deixe que seus filhos façam refeições na sala ou no quarto.

 

Combine certas regras: Determine que as guloseimas não podem ser substitutas para a refeição, sem abrir exceções. Se a criança quer muito comer chocolate, diga que ela pode comer, mas só depois do almoço, como sobremesa. Libere um dia – para que ela possa comprar o que quiser na cantina da escola.

 

Evite a monotonia: Crianças enjoam logo de comer a mesma coisa. Então, não repita o mesmo cardápio no almoço e no jantar.

Permita guloseimas, mas com critério: Não adianta proibir. Impedir que seu filho coma biscoitos, balas, chocolates, só produz raiva e frustração. Eduque-o a comer ocasionalmente estes alimentos.

 

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste