PINHÃO, especial de frio...

Delícias & Delícias • 23/05/2018 08:52:26

O pinhão é um alimento rico em diversos nutrientes importantes para a saúde. Uma porção de 100 g é abundante em proteínas (3,94 g), cálcio (35 mg), ferro (70 mg), fósforo (136 mg) e vitaminas A, B1 e C. No total, serão consumidas 196 kcal e 1,34 g de gorduras.

Ainda assim, seu consumo em quantidade adequada traz diversos benefícios à saúde, como o fortalecimento dos ossos, já que é uma semente extremamente rica em minerais como cálcio e fósforo.

O pinhão é um alimento muito versátil — podendo ser utilizado em diversos tipos de bolos, tortas e outros pratos doces. Sua polpa é a parte comestível, e deve ser consumida depois de cozida. O modo de preparo não altera o valor nutricional dele, assim as propriedades continuam as mesmas.

O pinhão pode ser conservado na salmoura; além disso, conservar no vinagre também é uma escolha adequada. Outra opção é cozinhar bem — porque sua casca é dura - esse primeiro passo é fundamental, descascar e reservar apenas a polpa no freezer. Dessa maneira, ele mantém o sabor e o valor nutritivo no momento do consumo.

Uma dica saborosa para se levar em conta quando estiver preparando o pinhão é cozinhá-lo e deixar somente a sua polpa à mostra, depois deve-se adicionar um pouco de sal, algumas pitadas de orégano e também de pimenta do reino. Diversos pratos salgados, como o pinhão, são típicos em inúmeras regiões brasileiras.

 

Picadinho de Pinhão

Ingredientes: 300 g de pinhões cozidos, 700 g de carne em cubinhos (alcatra, coxão-mole ou patinho), 1 cebola, 1 dente de alho, pimenta, sal e cheiro-verde a gosto.

 

Preparo: Refogue todos os temperos e coloque a carne. Junte os pinhões cortados em rodelas finas e acrescente um pouco de água, deixando-os cozinhar. Sirva quente.

 

Strogonoff de Pinhão

 

Ingredientes: 1 quilo de filé mignon cortado em tirinhas e passadas em farinha de trigo, 3 xícaras (chá) de pinhão cozido picado, 1 cebola picada, 5 colheres (sopa) de margarina light, 3 colheres 9sp0 de catchup, 1 colher (sopa) de mostarda, 1 colher (sopa) de shoyu, 200 g de cogumelos fatiados, sal e molho de pimenta a gosto, 1 pote de requeijão.

 

Preparo: Numa panela coloque a metade da margarina e refogue a cebola e os pinhões. Reserve. Em outra panela coloque o restante da margarina e refogue a carne. Deixe cozinhar. Quando estiver macia, junte o pinhão e a cebola. Mexa. Adicione os cogumelos fatiados, tempere com catchup, mostarda, shoyu, sal e pimenta a gosto. Junte o requeijão, misture bem e deixe no fogo até aquecer.

 

Sopa Creme de Pinhão

 

Ingredientes: 1 xícara (chá) de pinhão, 1 litro de água, 1 cubinho de caldo de carne, algumas gotas de limão, 1 cebola, 1 dente de alho, sal a gosto.

 

Preparo: Passe os pinhões, a cebola e o alho no liquidificador, misturando um pouco de água. Coloque os ingredientes já triturados, o caldo de carne e o limão em uma panela com o restante da água, leve ao fogo, mexendo sempre. Se o caldo ficar muito grosso, acrescente mais água. Sirva quente.

 

Bolos de Fubá – que delícia!!!

 

Ingredientes: 2 xícaras (chá) de fubá, 2 xícaras (chá) de leite, 2 xícaras (chá) de açúcar, 2 xícaras (café) de óleo, 4 ovos, 1 colher (sopa) de fermento em pó.

 

Preparo: Levar ao fogo o fubá, o açúcar, o leite e o óleo. Cozinhar até ficar um mingau grosso, mexendo sempre. Deixar amornar. Então, juntar as 4 gemas, mexer bem e acrescentar com movimentos leves, as 4 claras batidas em neve e o fermento em pó. Assadeira untada e polvilhada com farinha de trigo ou fubá.

 

Cobertura: 1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro, 4 colheres (sopa) de leite de coco e 1 colher (chá) de margarina. Levar ao fogo para aquecer e espalhar sobre o bolo assado e quente.

 

Bolo de Fubá com Goiabada

 

Ingredientes: 4 ovos, 4 colheres (sopa) bem cheias de manteiga, 100g de coco seco, hidratado com ½ xícara de água, 2 ½ xícaras (chá) de açúcar, 2 copos de iogurte natural, 2 xícaras (chá) rasas de fubá, 1 xícara (chá) rasa de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de fermento em pó, 1 colher (chá) de canela em pó, 1 xícara (chá) de goiabada em cubinhos.

 

Preparo: Bata em creme o açúcar, a manteiga, os ovos. Misture o coco e o iogurte. Adicione o fubá, a farinha e o fermento peneirados e bata muito bem. Junte a goiabada polvilhada com farinha de trigo e misture na massa. Coloque para assar em forma untada e polvilhada com farinha e canela. Forno médio por 30 a 35 minutos.

 

Bolo de Fubá (com creme no meio)

Ingredientes: 3 ovos, 1 ½ xícara de fubá, 3 xícaras de açúcar, 4 xícaras de leite, 2 colheres (sopa) de manteiga, 1 ½ colher (sopa) de farinha de trigo, 1 pires de queijo ralado, raspas de limão, 1 pitada de sal, 1 colher (sopa) de fermento em pó.

 

Preparo: Bater as claras em neve. Reservar. Bater as gemas com a manteiga e o açúcar. Juntar os outros ingredientes aos poucos alternando com o leite. Juntar as claras em neve delicadamente. Levar para assar.

 

nutrição

Arroz Integral

Ao comparar a quantidade de calorias, o arroz integral tem o valor energético um pouco menor que a versão branca. Entretanto, quando analisamos seus aspectos nutricionais, a diferença é imensa.

 O arroz integral é um grão descascado não-polido que preserva todos os seus nutrientes. Contém textura fibrosa, sabor amendoado e requer um cozimento mais longo. Possui proteínas, sais minerais, entre eles, fósforo, ferro e cálcio, vitaminas do complexo B, fibras e maior quantidade de gordura benéfica à saúde.

 Confira todos os benefícios que esse grão pode proporcionar para a sua saúde: Auxilia no processo digestório: os grãos integrais possuem uma quantidade muito maior de fibras em relação aos brancos. Essa característica colabora com o bom funcionamento do intestino, o que interfere diretamente na função metabólica do organismo e na perda de peso. As fibras insolúveis ainda apresentam mais benefícios. Como a parte do grão com a maior quantidade de nutrientes é preservada, o sistema gastrointestinal é estimulado. Dessa forma, aumenta o período de saciedade e facilita seu processo digestório.

 

Culinária sem glúten

 

                Muitos celíacos também são intolerantes à lactose ou alérgicos à caseína – não podendo consumir leite de vaca ou cabra.

Diante dessa situação, temos algumas sugestões:

•              Nas receitas com leite, é possível substituí-lo por leite de coco, amêndoas, arroz, soja. Também existe a opção de água de coco.

•              Quando houver necessidade de substituir manteiga ou margarina, pode-se usar o creme vegetal, gordura hidrogenada, óleo de canola, soja, milho, etc.

•              Para os intolerantes ao ovo, a linhaça triturada com água é uma boa opção.

•              Existem também alguns emulsificantes que ajudam a melhorar algumas receitas: goma xantana, psylium, emustab, goma guar são alguns desses novos ingredientes que fazem parte da culinária sem glúten.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste