ENTRADA DO MION FOI UM ACERTO DA “FAZENDA”, QUE REPETE FALHAS DO PASSADO

Canal 1 • 25/09/2018 08:00:00

Mesmo em se tratando de uma estreia tão recente, não há nenhuma precipitação ao afirmar que a escolha de Marcos Mion para apresentar “A Fazenda” foi um acerto da Record.

E nada que possa representar alguma crítica aos seus antecessores, Britto Junior e Roberto Justus. Ao contrário. Os dois, ao jeito de cada um, também deixaram as suas marcas.

Guardadas as proporções, com “A Fazenda”, agora, se repete a mesma situação do “Big Brother”, quando trocou Pedro Bial por Tiago Leifert na apresentação.

O “sangue novo” não invalida em nada o que foi feito no passado. Trocas que acabam sendo importantes, mas com interferências limitadas no bom ou mau desempenho do programa.

Aliás, para ficar só nos dois, se o “BBB” usa e abusa da simplicidade, “A Fazenda” se caracteriza por tornar tudo mais amarrado, preso às tantas regras criadas pela sua produção.

Só na estreia, Mion foi obrigado a perder quase 10 minutos falando sobre elas, como se o público tivesse esse interesse ou fosse guardar alguma. Se alguma coisa precisa ser corrigida é bem por aí. Tornar “A Fazenda” mais simples e agradável de se ver.

 

TV Tudo

 

OUTRO DETALHE

Ao contrário do “BBB”, a proposta de “A Fazenda” não é confinar pessoas famosas?

Então como explicar casos como Caíque Aguiar, Felipe Sertanejo, Gabi Prado, João Zoli, Leo Stronda, Luane Dias e Nadja Pessoa? Será pela falta de outros?

 

ESPERANÇA

Leleco Barbosa se reuniu sexta-feira com a direção da Band e ficou aberta a possibilidade de as partes voltarem a conversar no ano que vem sobre a realização do “Cassino do Chacrinha – com Stepan Nercessian”.

Se vingar, as gravações serão no Rio de Janeiro.

 

ESTRATÉGIA

As experiências feitas pelo Grupo Globo, movimentando conteúdos em diferentes plataformas - como “The Good Doctor: O Bom Doutor”, da Globoplay, exibida em “Tela Quente” – serão intensificadas.

Já se fala inclusive que a série “Ilha de Ferro”, estrelada por Cauã Reymond, feita originalmente para o streaming, terá uma avant-première ou na própria “Tela Quente” ou na rede Telecine.

 

LADO A ...

A “multiplicação” dos capítulos de “Jesus” provocou renovação automática de contratos até fevereiro.

No caso da maioria terminaria em dezembro e a decisão de espichar acaba livrando o Natal de uma boa parte do seu elenco.

 

Divulgação / Edu Moraes Record TV

 

... LABO B

O que Record e Casablanca precisam fazer é tentar se entender quanto ao esquema de gravação das suas novelas.

Como a ordem é correr contra o tempo, o elenco está sempre com a língua de fora. Mal dá para elaborar um trabalho melhor. Dudu Azevedo, o “Jesus”, por exemplo, está no limite.

 

DESAFORO

Por ser bem abaixo da crítica, melhor não perder tempo ou espaço com a propaganda política. Só ela sendo obrigatória para tornar possível a veiculação de tantas aberrações, inclusive de uma figura próxima ao artístico, caso de Tiririca.

Se somos feitos de palhaço em rede nacional, é de se imaginar o que ocorre nos bastidores.

 

ESTÁ MUITO BEM

O novo “Popstar” da Globo está com todo jeitão de repetir o sucesso da primeira temporada.

Taís Araújo, na apresentação, está fazendo a diferença. Bastante segura na função.

 

PREPARANDO TERRENO

Silvio Santos continua mantendo o mesmo ritmo de trabalho, com gravações do seu programa dia sim, dia não.

E com isso já chegou a dezembro. Já tem frente suficiente para sair de férias no fim do ano e ficar dois ou três meses fora.

 

ÚLTIMA FORMA

Em relação ao novo game show da Globo para as noites de quinta-feira, “Os Melhores Anos das Nossas Vidas”, com estreia em outubro, Lázaro Ramos vai assumir uma posição de “comandante” no programa.

Uma pequena mudança em relação ao que foi pensado antes.

 

ANTES E DEPOIS

Para o programa em que Juliana Paes foi um dos nomes cogitados, a ideia de agora é que exista um representante diferente para as décadas de 60, 70, 80, 90 e 2000.

Serão cinco capitães, figuras conhecidas, mas sempre com o Lázaro ancorando.

 

Divulgação / João Paulo Cotta / Globo

 

NOVA SÉRIE 

Marisa Orth e Daniel Dantas também estão em “Pais de primeira”, nova série da Globo que estreia em novembro, vivendo Rosa e Augusto, pais de Pedro (George Sauma) e avós paternos de Lia, a bebê que chega mudando a vida de todos nesta produção.

 

Bate – Rebate

 

O Discovery anuncia para 7 de novembro, 20h30, a estreia de “Confissões Médicas”...

... Em cada episódio vai apresentar três histórias com temas que vão desde emergências médicas e doenças misteriosas a cirurgias complexas...

... É uma produção do próprio Discovery em parceria com a Boutique Filmes.

Efeito Rogério Ceni: no SporTV, os jogos do Fortaleza têm registrado as maiores audiências nas transmissões da Série B...

... Inclusive com números bem significativos em São Paulo...

... E, hoje, por acaso, o SporTV tem Fortaleza e São Bento a partir das 19h15.

No dia 5 de outubro, no Teatro Morumbi Shopping,  Danielle Winits e Karen Coelho voltam com a peça “Depois do Amor –  Um Encontro com Marilyn Monroe”.

“Gênesis”, próxima bíblica da Record, tem seu início de gravações programado para dezembro...

... Serão dois meses pela frente, daqui até lá, para escolher todo o elenco e realizar o trabalho preparatório com esses artistas...

... Mesmo com a decisão de espichar “Jesus”, há o entendimento que o prazo continua curto para tudo.

As séries “Detetives do Prédio Azul”, “Chica Vampiro” e “Miraculous” continuam como destaques de audiência do canal Gloob.

 

c´est fini

O GloboNews já tem todo seu esquema armado para a cobertura das eleições e apurações, dia 7, em todo o Brasil. 

Uma escala que irá contemplar a todos, sem direito a folga para ninguém. Trabalho direto para apresentadores, comentaristas e repórteres.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste