ELEIÇÕES 2018

Espaço infantil • 27/09/2018 04:00:00

Neste ano vivemos um importante momento em nosso país. São as eleições para a escolha de governantes. Passamos por uma fase difícil, com escândalos políticos e corrupção. Há uma sensação de desesperança. É preciso entender o nosso papel como cidadão consciente e atores de mudança, assim como entender a seriedade do ato de votar. O voto é um direito conquistado e, portanto, precisamos fazer bom uso dessa conquista. Para isso, vamos entender melhor:

 

O que é democracia?

É um regime político, no qual todos os cidadãos, participam direta ou indiretamente das escolhas. Diretamente através da votação em eleições periódicas e indiretamente por meio dos representantes escolhidos. É a liberdade de escolha, de ideias, de participação e organização política.

 

Nem sempre foi assim: Movimento Diretas Já!

Antigamente apenas homens livres, brancos e detentores de bens podiam votar. Posteriormente, isto foi estendido à toda a população. Com o golpe militar, em 1964, o Brasil foi governado por militares, que não eram escolhidos pelo povo. Contudo, a população começou a criar um movimento com o objetivo de estabelecer as eleições diretas para presidente no Brasil. Ou seja, todos poderiam votar novamente. Esse movimento aconteceu em 1984 e ficou conhecido como “Diretas Já!”

 

O voto é obrigatório!

Atualmente, as pessoas entre 18 e 70 anos têm o compromisso de votar, podendo justificar quando necessário. Não havendo essa justificativa é preciso pagar uma multa. Se não está com essas obrigações em dia, o sujeito pode ser excluído da participação em concursos públicos.

Ao completar 16 anos e acima de 70 anos o voto não é obrigatório.

 

Cargos a serem votados

Neste ano, de 2018, os cargos a serem elegidos são: presidente e vice-presidente da república, governador e vice-governador, senadores e deputados federais e estaduais.

 

Candidatos à presidência e governador do nosso estado:

A lista é grande:

Para presidente: Ciro Gomes (PDT), Álvaro Dias (Podemos), Vera Lúcia (PSTU), Guilherme Boulos (PSOL), Jari Bolsonaro (PSL), José Maria Eymael (DC), Geraldo Alckimin (PSDB), Marina Silva (Rede), Henrique Meireles (MDB), Cabo Daciolo (Patriota), Fernando Haddad (PT), João Goulart Filho (PPL), João Amôedo (Novo).

Para governador: Adriano Costa (DC), Cláudio Fernando Aguiar (PMN), João Dória(PSDB) , Luiz Marinho (PT), Lizete Arelaro (PSOL), Márcio França (PSB), Major Costa e Silva (DC), Paulo Skaf (MDB), Marcelo Cândido (PDT), Rodrigo Tavares (PRTB), Rogério Chequer (NOVO), Toninho Ferreira (PSTU), Edson Dorta (PCO).

Voto consciente!

 

O voto consciente é muito importante para a qualidade da nossa democracia. É saber em quem está votando, por meio de pesquisas, procurar conhecer as realizações dos candidatos em outros cargos políticos e também as propostas de governo desses candidatos. É necessário também acompanhar os debates políticos e notícias.

Este momento é muito importante para a história do Brasil.

 

(Pesquisa realizada pelos alunos do 5º ano B. Texto coletivo, Profª Fabiana Góes da Silva Agostinho,  EM Rosana Negrão Freitas Santos, Orientadora Pedagógica Érica Miranda Franco Feitosa )

 

 

SE CRIANÇAS GOVERNASSEM O BRASIL

 

Se esse país fosse governado por crianças

Tudo seria diferente

As pessoas teriam mais esperança

“As ruas, eu mandaria ladrilhar

Não para automóveis matar gente,

Mas para criança brincar”

 

Se esse país fosse governado por crianças

Nas matas teria muita alegria

As árvores, não deixaria derrubar

Tudo viveria em harmonia

Pessoas e animais felizes

Vendo a vida passar com sabedoria!

 

Se esse país fosse governado por crianças

A vida dos peixes seria só alegria:

Os rios seriam de águas claras

Tudo seria diversão

Poluir ninguém iria

Nesse mundo de perfeição!

 

Se esse mundo fosse governado por crianças

Tudo seria bem diferente

Ele seria um paraíso

Viveríamos em comunhão

Todos juntos, unidos

Construindo uma grande nação!

(Poesia coletiva dos alunos do 4ºA – Professora Berta Lúcia Novello Ramos, EM Rosana Negrão Freitas Santos, Orientadora Pedagógica Érica Miranda Franco Feitosa)

 

 

SE CRIANÇAS GOVERNASSEM O BRASIL

 

Se crianças governassem o Brasil

Direitos e deveres seriam sorvetes e lazeres

Seriam livres para brincar

Sem medo de violência esperar

 

Se crianças governassem o Brasil

Que pergunta mais fácil!

Seria divertido e engraçado

O dia a dia bem maleável

 

Se crianças governassem o Brasil

A amizade seria divertida

Com pessoas trocando palavras

De como a sua vida é bem sucedida

 

Se crianças governassem o Brasil

Ser bem sucedida seria saúde e alegria

Ter alimento todo dia

Respeito, paz e descanso sem agonia

 

Se crianças governassem o Brasil

Quem sabe, adultos aprenderiam,

A viver a vida com alegria

Sem preocupação e com bondade no coração!

 

(Poesia coletiva dos alunos do 4ºB – Professora Angela de Oliveira Leite, EM Rosana Negrão Freitas Santos, Orientadora Pedagógica Érica Miranda Franco Feitosa )

 

 

Releitura de Charges

 

Maria Eduarda Andrade Zanelato, 11 anos - 5º A - Professora: Eliana Corte

 

Amanda Santos Cano (11 anos) - 5º ano A - Professora Eliana Corte

 

MAria Vitória Estevam (11 anos) 5º ano A - Professora Eliana Corte

 

 

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste