Carnaval e Alimentação

coluna

| Delícias & Delícias

O carnaval é a festa mais esperada pelos brasileiros. São quatro dias de animação, mas que muitas vezes trazem consequências indesejáveis como gripes, viroses ou fadiga extrema. Uma alimentação correta pode ser a grande aliada do folião que deseja aproveitar ao máximo e manter-se saudável.

As pessoas acostumadas com atividade física devem manter a alimentação usual no período pré-carnavalesco e apenas aumentar um pouco o consumo de carboidratos e líquidos durante os dias de festa. Já para os sedentários, a alimentação deve ser variada no período pré-carnaval, com o chamado "prato colorido" rico em minerais e vitaminas, além de carboidratos e líquidos para uma super hidratação.

As bebidas alcoólicas ingeridas em excesso são um grave problema durante o carnaval. Além de acidentes de todo tipo, podem deprimir o sistema imunológico e facilitar a instalação de doenças infecciosas. Outro cuidado especial dever ser com o uso concomitante de álcool e energéticos, associação geralmente danosa ao sistema nervoso central.

O consumo de água deve ser intercalado com as refeições, e principalmente, com as bebidas alcoólicas. Deixe uma garrafinha por perto e tente beber água a cada 30 minutos. Água de coco, isotônico, suco light ou zero e chá gelado são outras boas alternativas.

Frituras, queijos gordurosos e biscoitos salgados devem ser evitados. Uma dieta saudável durante o carnaval deve ser rica em carboidratos integrais, cereais e proteína com pouca gordura, de preferência saudável como: azeitonas, castanhas e cereais com iogurte. Além de dar energia, estes alimentos diminuem o efeito do álcool.

 

A hora do IOGURTE!

Cremoso e de sabor delicado, o iogurte substitui a gordura e transforma doces, massas e tortas tradicionais, como a quiche, em pratos mais ricos e saudáveis.

 

Quiche de Peito de Peru

Ingredientes: Massa: ½ xícara (chá) de farinha de trigo, 2 colheres (sopa) de iogurte, 1 ovo, sal, 1 colher (sobremesa) de margarina light.

Preparo: Junte a farinha e os outros ingredientes e mexa até formar uma massa lisa. Leve à geladeira por 15 minutos.

Recheio: 200 g de ricota, 2 ovos, 1 colher (sopa) de maisena, 1 colher (sobremesa) de cebola ralada, ½ lata de creme de leite light, 100 g de peito de peru picado, sal e noz moscada a gosto.

Preparo: Bata no liquidificador os cinco primeiros ingredientes. Junte o peito de peru e o refogado. Com a massa, forre uma forma de aro removível de 20 cm. Fure-a com um garfo. Recheie e asse em forno médio por 35 minutos.

Refogado: 1 alho-poró, 1 colher (sopa) de azeite, 3 colheres (sopa) de caldo de legumes. Aqueça o azeite, junte o alho e regue com o caldo até murchar.

 

Torta de Ricota com Ameixa

Ingredientes: 400 g de ricota, 3 gemas, 3 claras em neve, 1 iogurte natural desnatado, 4 colheres (sopa) de adoçante para forno e fogão, 1 colher (sobremesa) de raspas de limão, 6 ameixas pretas sem caroço e deixadas de molho por 2 horas, 1 colher (sopa) de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de fermento em pó, margarina light e farinha de trigo para untar e polvilhar.

Calda: ½ litro de água, 1 xícara (chá) de adoçante para forno e fogão, 350 g de ameixas. Leve os ingredientes ao fogo e deixe ferver por 10 minutos em fogo baixo.

Preparo: Bata todos os ingredientes da massa no liquidificador, exceto as claras. Numa tigela incorpore as claras em neve delicadamente. Leve para assar em forma removível forrada, untada e polvilhada por 40 minutos.  Sirva com a calda já fria.

 

nutrição

Principais vitaminas e minerais que fortalecem a nossa imunidade

Vitamina A: leite e ovos, vegetais folhosos como brócolis e couve e os vegetais com a coloração amarelada como cenoura e abóbora.

Vitamina C: Frutas: abacaxi, acerola, goiaba, laranja, limão, tangerina, kiwi, caju e morango.         Legumes: pimentão, rúcula, alho, cebola, repolho, espinafre, tomate, brotos de verduras, agrião e alface.

Vitamina E: óleos vegetais (soja, amendoim, milho, girassol, oliva), nozes, sementes de girassol, kiwi, gérmen de trigo, vegetais de folhas verdes, grãos integrais, peixes e leite de cabra.

Ácido fólico: feijão, laranja, amêndoas, amendoim, lentilhas, cereais, espinafre, brócolis, couve e todos os vegetais verdes, soja, milho, avelã, caju, tomate, cogumelos, ovos, leite.

Zinco: As principais fontes de alimentos ricos em zinco são ostras, camarão, carnes bovina, de frango e de peixe, fígado, gérmen de trigo, grãos integrais, castanhas, cereais, legumes e tubérculos. Frutas e hortaliças em geral, são pobres em Zinco.

Selênio: O selênio é um mineral com um alto poder antioxidante, facilmente absorvido pelo organismo, encontrado especialmente na castanha e em alguns vegetais cultivados em solos ricos em selênio, além da carne de animais que pastaram em solos ricos em selênio.

Além das vitaminas e minerais, existem alguns alimentos que contribuem para fortalecer ainda mais o nosso sistema imunológico, tais como: iogurtes e leite fermentado (tem ação probiótica, pois possuem microorganismos vivos que recuperam a flora intestinal e fortalecem o sistema imune), alho (agente antibacteriano), cogumelo shitake (possui uma substância que aumenta as células de defesa do organismo) e gengibre (contribui também para o fortalecimento do sistema imune).

Uma alimentação completa, equilibrada, rica em frutas, legumes, verduras e grãos, nos proporciona nutrientes que fortalecem o nosso sistema imunológico.

Comente com o editor

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste