2018 | Crianças desejam paz para ano que está por vir

Espaço infantil • 28/12/2017 13:18:45

Assim como a mensagem do papa Francisco para 2017 teve como tema “A não-violência: estilo de uma política para a paz” este foi, de certo modo, o desejo de algumas crianças para 2018, que ouvimos nas ruas de Presidente Prudente. Juntos, sentadinhos em um banco de uma pracinha, estavam cinco garotinhos, desenvoltos, dois deles de 9 aninhos de idade, quiseram expressar seus sentimentos. Antonio Miguel Fernandes Pereira foi o primeiro. “Eu quero muito que todos nós continuemos juntos, brincando no parquinho e sem brigas”, destacou.

Pedro Henrique da Silva Correia que estava sem camiseta, mas outro amiguinho que não queria dar entrevista tirou a sua e lhe emprestou, acrescentou: “Meu desejo é que todas as pessoas vivam em paz. Sem falar mal, brigar, matar... sem violência”.

Muito inteligente, a aluna do Colégio Prudente, Isadora Silva de Almeida, diz que primeiramente deseja que 2018 seja um ano de paz, alegria, amor e carinho, para todas as famílias brasileiras. “Que todos comemorem a passagem de ano bem. Quero que 2018 melhore porque 2017 foi um ano de muitas brigas e roubos. E que os políticos mudem algumas coisas porque eles pedem para as pessoas, mas eles não estão cumprindo”, acentua a menina prodígio.

 

Encurtamento da infância

A psicóloga, Ieda Benedetti, explica os desejos dos pequenos. Segundo ela, no atual contexto vem ocorrendo um encurtamento da infância com as crianças já apresentando um comportamento de adolescente com 9, 10 anos, e um prolongamento desta fase. O mesmo acontece com 35 anos com as pessoas dando continuidade a esse mesmo comportamento.

Conforme a psicóloga muito precocemente essas crianças são expostas a questões significativas em função da velocidade da informação, cada vez mais rápida, e do acesso das vias midiáticas, redes sociais que as atingem.

“Então esse tipo de tema: a paz universal, a violência são assuntos que se oferecem a elas em tempo prematuro fazendo com que estas ao invés de estarem preocupadas em brincar com suas bonecas, com seus jogos já estejam focadas em questões que outrora eram de adultos. O que temos é uma produção cultural para criança que faz com que se tornem estimuladas antecipadamente às questões que influenciam no seu desenvolvimento e formação de conceitos”, acentua a profissional.

Concluindo o raciocínio, Ieda enfatiza que questões universais, sociais, ecológicas tornam uma geração mais consciente, porém, em segundo momento por estarem envolvidos tão cedo em questões sociais amplas podem não se sentir aptos a se adaptarem a uma sociedade com a qual eles não concordam e também não conseguem transformar.

“Este é o grande risco do contexto contemporâneo, de que o passado se decomponha sem que tenhamos construído um futuro para colocar no seu lugar”, destaca a psicóloga.

OSLAINE SILVA - Da Reportagem Local

 

LIVROS

O MENINO MALUQUINHO - NOVA ORTOGRAFIA

Foto: Divulgação

Na grande obra infantil de Ziraldo, verso e desenho contam a história de um menino traquinas que aprontava muita confusão. Alegria da casa, liderava a garotada, era sabido e um amigão. Fazia versinhos, canções, inventava brincadeiras. Tirava dez em todas as matérias, mas era zero em comportamento. Menino maluquinho, diziam. Mas na verdade ele era um menino feliz.

Ficha técnica

Autor: Ziraldo

Editora: Melhoramentos

Páginas: 112

Preço: R$ 21

 

A DROGA DA OBEDIÊNCIA

Foto: Divulgação, A droga da obediência (Capa Livro)

Foto: Divulgação

Uma turma de adolescentes enfrenta o mais diabólico dos crimes! Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes ? os Karas ? enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo. Esse é um trabalho para os Karas: o avesso dos coroas, o contrário dos caretas!

Ficha Técnica

Autor: Pedro Bandeira

Editora: Moderna

Páginas: 190

Preço: R$ 33

 

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste