“Jesus” conseguirá salvar a dramaturgia religiosa da Record?

Canal 1 • 07/05/2018 08:57:22

“Jesus”, próxima novela da Record, adaptada por Paula Richard e prevista para estrear entre julho e agosto, terá fundamental importância no futuro da sua teledramaturgia religiosa.

Os resultados irão apontar se vale a pena continuar investindo fortunas em novas produções do gênero ou buscar outro caminho, o que muitos consideram mais viável.

Isso porque, data hoje, são escancarados os sinais de desgaste, e é evidente que algo precisa ser feito para manter ativo o único horário que restou, após o cancelamento da faixa de dramaturgia inédita às 19 horas.

A hipótese de um rodízio entre roteiros bíblicos e não-bíblicos já é vista internamente como uma possível solução para o problema. O de testar esse modelo e ver no que dá, independentemente dos resultados que “Jesus” possa vir a alcançar.

Mesmo considerando os interesses da igreja e ainda o sucesso que algumas dessas realizações alcançaram – especialmente “Os Dez Mandamentos”-, não se pode descartar os riscos que passarão a existir a partir da sequência desse atual modelo. É preciso abrir o leque.

 

TV Tudo

TIROS NO ESCURO

Para quem vive o dia a dia da Record, não há dúvidas que o grande problema da sua dramaturgia é a falta de planejamento.

Não há projetos definidos dentro do espaço de um ano, por exemplo, daí os muitos imprevistos. Essa mentalidade precisa mudar.

 

VAI VOLTAR

Depois de Thiaguinho e Anitta, a cantora Iza, do sucesso “Pesadão”, está confirmada na apresentação da nova temporada do “Música Boa Ao Vivo” no  Multishow. Estreia dia 5 de junho, às 20h30.

 

PÉ NA ESTRADA

Silvia Poppovic, contratada pela Natura, tem viajado o país para fazer palestras sobre protagonismo feminino e tem apresentado também um programa da empresa que vai para 1,3 milhão de consultoras por streaming. “Estou adorando esse contato direto com o público”, comemora a jornalista.

 

BASE CARIOCA

A equipe de “Onde Nascem os Fortes” disse adeus à Região Nordeste e agora concentra suas ações nos Estúdios Globo,  no Rio de Janeiro.

Os trabalhos de gravações da supersérie estão muito adiantados.

 

CAMALEÔNICO 

A propósito de “Onde Nascem os Fortes”, Gabriel Leone mais uma vez se destaca em um trabalho na Globo, vivendo o paleontólogo Hermano. Trata-se de um jovem ator que talvez tenha como principal característica o fato de sempre dar uma cara diferente aos seus personagens. Leone deve ser anunciado em breve numa nova novela fará um filme com Alice Braga, “Eduardo e Mônica”. 

 

VAI ATÉ O FIM

Tony Correia começou a gravar “Orgulho e Paixão” na Globo e vai até o fim da novela vivendo Manoel, dono de um bar que recebe intelectuais e escritores da boemia paulistana da época. Tony foi considerado o primeiro galã português a trabalhar em produções brasileiras e é  conhecido do público por interpretar o Machadinho de  “Locomotivas” (1977), na qual fazia par com Lucélia Santos. As primeiras cenas serão exibidas no dia 10.

 

QUASE 20

Somando entretenimento e jornalismo esportivo, Michelle Giannella está completando 19 anos de TV Gazeta. A jornalista participa regularmente do “Gazeta Esportiva”, “Mesa Redonda” e "Troféu Mesa Redonda", que premia os destaques do campeonato brasileiro.

 

ATÉ NATURAL 1

Em várias entrevistas, Deborah Secco tem afirmado que se inspirou em Ivete Sangalo para compor o visual da sua Karola em “Segundo Sol”. E é claro que em algum momento elas irão se encontrar na novela. Não tenha dúvida disso.

 

ATÉ NATURAL 2

E anote: também nos planos da novela uma participação de Luiz Caldas.

Até porque o Axé Music deve tudo e mais um pouco a esse artista. 

 

E A “FAZENDA”?

Logo depois do “Power Couple” a locação do programa, em Itapecerica da Serra/SP, será alvo de uma nova mudança, desta vez para receber os cenários de “A Fazenda”. Porém, permanece a dúvida: quem será o novo apresentador? O Justus, como se sabe, foi para a Band fazer “O Aprendiz”.   

 

NOVA SÉRIE

A partir de amanhã, o “Jornal da Band” exibe a série “Corais, Joias do Mar”. Repleta de imagens subaquáticas, foi gravada em vários pontos do litoral brasileiro. A repórter Michelle Trombelli viajou para o Nordeste para revelar a luta dos ativistas e os projetos de preservação dos corais. A série vai mostrar também como é importante que a população local seja conscientizada para ajudar na luta contra a destruição.

 

Bate – Rebate

Abel Neto não tem nada com isso, mas o fato de ter chegado agora ao Fox Sports e já garantido lugar na equipe que irá à Rússia, chamou atenção por lá...

...Tipo “janelinha do avião”...

...Bem, os inconformados já sabem quem devem procurar. Vão?

Estreia dia 8, com apresentação de Simeão Mundula,  o “Jornal da Record – África “...

...Um telejornal feito em Angola por jornalistas africanos, com a integração do Jornalismo da Record Brasil.

 Apaga: Samantha Schmütz não está escalada em “O Sétimo Guardião”...

...Seu nome circulou na produção, mas não passou disso.

Sheila Magalhães e Pedro Campos são os nomes cotados para comandar um novo jornal na Band, somente para São Paulo, antes do “Café com Jornal”...

...O informativo vai envolver parceria de profissionais do rádio e da TV.

 Claudia Mello é outra que, em vez de “Topíssima”, fará “Jesus”, na Record.    

 

c´est fini

A Record não possui os direitos da Copa do Mundo, mas, como não poderia deixar de ser, fará a cobertura jornalística do evento, inclusive movimentando uma equipe, com base em Moscou.

Foram escalados para esse trabalho o correspondente de Londres, André Tal, o produtor Fernando Hardt e o cinegrafista Antônio Carlos.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste